2015 Colher de Chá de Carinho criado por Deni Weiand com Wix.com

Rabanada

       "Rabanada é um doce de pão de trigo (pão-de-forma baguete ou outro) em fatias que, depois de molhadas em leite, vinho (no Minho usa-se vinho verde tinto ou branco) ou calda de açúcar, são passadas por ovos e fritas.

       A rabanada aparece documentada no século XV, citado por Juan del Encina: «mel e muitos ovos para fazer rabanadas», ao parecer como prato indicado para recuperar de partos. 

       As primeiras receitas remontam ao livro de cozinha de Domingo Hernández de Maceras (1607) e "Arte de cozina, pastelería, vizcochería y conservería" de Francisco Martínez Motiño (1611). A rabanada era, no inicio do século XX, muito comum nas tabernas de Madrid e servia-se com jarros de vinho "razos".

       A associação das rabanadas à quaresma deve-se talvez à necessidade de aproveitar o pão, que durante o tempo que não se comia carne, era por isso menos consumido, mesmo assim sendo produzido a mesma quantidade.

       Na França prepara-se com características similares, o "pain perdu" ("pão perdido"), se bem que não se frite em azeite abundante mas sim numa chapa, conhecendo-se no Reino Unido e países de língua inglesa com "French toast". Em Portugal preparam-se as rabanadas, de forma muito similar às torrijas ou torradas da vizinha Espanha.

     Na Colômbia, Chile e Equador chamam-se "tostadas francesas"; na Guatemala se chamam "tostadas a la francesa"; e na fronteira norte do México "pan francés". Na Argentina e Uruguai existe um modo simples de elaborar rabanadas (que podem ser chamadas nestes países "torrejas": umedece-se com leite migas de pão comum, e depois forma-se um bolo, passa-se o bolo pela gema de ovo batido e frita-se e cada bolo pode ser polvilhado com açúcar. Na Venezuela já foram conhecidas como "tacones", mas o termo caiu em desuso.               Nas Honduras as rabanadas são cozinhadas especialmente para a temporada natalina, em que, logo depois da fritura a rabanada é molhada em sumo de fruta ou leite condensado." (Fonte)

 

Ingredientes:

  • 3 pães franceses amanhecidos

  • 1/2 lata de leite condensado

  • 1/2 lata de leite (use a lata para medir)

  • 2 ovos 

  • 3 colheres (sopa) de açúcar 

  • 2 colheres (sopa) de canela

  • óleo para fritar

Modo de preparo: separe uma tigela para bater os ovos, outra para misturar o leite e o leite condensando e mais uma para misturar o açúcar e a canela.

Esquente o óleo.

Corte as fatias de pães:

 Passe cada fatia, primeiro na tigela do leite e depois nos ovos ligeiramente batidos e frite.

Deixe escorrer no papel toalha.

Finalize passando-as na mistura de açúcar e na canela.

Rende: 18 fatias

 

Colher de Chá de Carinho: agora é só aproveitar essa rabanada num belo café da manhã! 

 

Please reload

  • Wix Facebook page
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Wix Google+ page
Posts Recentes:

Pão sem glúten e lactose

1/10
Please reload

Please reload

  • Wix Facebook page
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Wix Google+ page

Inscreva-se no canal:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now